sicnot

Perfil

Rio 2016

Luís Gonçalves garante presença nas meias-finais dos 400 metros dos Paralímpicos 2016

O atleta português Luís Gonçalves qualificou-se esta quinta-feira para as meias-finais dos 400 metros T12 (deficiência visual), dos Jogos Paralímpicos Rio2016, distância na qual é campeão do Mundo e conquistou uma medalha de prata em Pequim2008.

No 'Engenhão', o atleta português conseguiu a sua melhor marca da época, 49,60 segundos, terminando a sua série na segunda posição, atrás do marroquino (49,32).

Luís Gonçalves, que não esteve presente nos Jogos Paralímpicos Londres2012, vai disputar as meias-finais às 18:38 de hoje (22:38 de Lisboa).

Na primeira prova na qual participaram atletas portugueses nos Jogos Paralímpicos Rio2016, Nuno Alves terminou na oitava posição a final dos 5.000 metros T11 (deficiência visual).

O atleta português, que correu acompanhado pelo guia Ricardo Abreu, concluiu com o tempo de 17.03,64 minutos.

A prova foi ganha pelo etíope Samwel Kimani (15.16,11 minutos), que repartiu o pódio com o brasileiro Odair Santos (15.17,55), medalha de prata, e com o compatriota Wilson Bil (15.22,96), que conquistou o bronze.

No atletismo, os atletas com deficiência visual são agrupados em três classes, entre 11 e 13. A classe 11 destina-se a praticantes com a visão mais diminuída e a classe desportiva 13 inclui atletas com a melhor visão.

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.