sicnot

Perfil

Rio 2016

Portugal em pelo menos uma final no segundo dia de competição

O atleta português Luís Gonçalves disputa hoje a final dos 400 metros T12 (deficiência visual), nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, num dia em que se iniciam as competições de natação e no qual Portugal se estreia no tiro.

Portugal em pelo menos uma final no segundo dia de competição

Luís Gonçalves, campeão mundial da distância, corre a final dos 400 metros T12 às 19:31 (23:31 em Lisboa), depois de há oito anos ter conquistado a medalha de prata nos Jogos Pequim2008.

O segundo dia de competições marca o início das provas de natação, nas quais Portugal estará hoje representado por dois nadadores: David Grachat e David Carreira.

Durante a manhã, Grachat disputa um lugar na final dos 400 metros livres S9, distância na qual conquistou em maio a medalha de bronze nos Europeus de natação adaptada, enquanto Carreira participa nas eliminatórias dos 100 metros mariposa (S8).

As finais de ambas as provas estão agendadas para o final do dia, pouco depois da prova decisiva dos 400 metros T12, na qual participará Luís Gonçalves.

O dia ficará também marcado pela estreia portuguesa no tiro, com Adelino Rocha a disputar durante a manhã as eliminatórias de pistola a 10 metros, cuja final está agendada para a tarde.

No atletismo, Mário Trindade disputa durante a manhã as eliminatórias dos 100 metros T52, classe destinada a atletas com deficiência motora e que competem em cadeira de rodas.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.