sicnot

Perfil

Rio 2016

Bronze no boccia foi "fruto do trabalho de toda a equipa"

© Ueslei Marcelino / Reuters

O treinador da equipa de boccia BC1/BC2 considerou que a medalha de bronze conquistada por Portugal nos Jogos Paralímpicos Rio2016 "é merecida" e fruto do trabalho de uma equipa que "conseguiu encontrar-se".

"Foi um jogo difícil, mas a equipa conseguiu encontrar-se e chegar ao bronze. Hoje, frente à Argentina, começámos bem, tínhamos o jogo delineado e sabíamos que era importante atacar no primeiro parcial", afirmou Luís Ferreira, após o jogo que garantiu a conquista da medalha de bronze.

Portugal assegurou esta segunda-feira a sua 25.ª medalha paralímpica no boccia, num encontro que venceu por 6-2, pelos parciais de 2-0, 2-0, 0-1, 1-0, 1-0 e 0-1.

A selecionadora portuguesa de boccia, Helena Bastos, admitiu no final do encontro, disputado na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, que "estava com receio do jogo", manifestando-se, naturalmente, "muito satisfeita com o resultado".

Helena Bastos voltou a lembrar que a qualidade dos adversários, sobretudo dos asiáticos, tem "subido bastante", mas mostrou-se esperançada na obtenção de bons resultados nas provas individuais.

Cristina Gonçalves, a única mulher na equipa BC1/BC2 que hoje conquistou o bronze, afirmou que a equipa teve garra e que, e admitiu que, às vezes, os treinadores têm de dar uns "puxões de orelhas".

"Às vezes tem de ser assim, os treinadores têm de ralhar para nos motivar, para nos por o moral para cima, isso é bom para toda a equipa", afirmou a atleta, que conquistou o bronze juntamente com Abílio Valente, António Marques e Fernando Ferreira

Na fase de grupos, Portugal perdeu com a Argentina por 7-1, venceu a Eslováquia por 12-1 e o Brasil por 6-5.

Nas meias-finais, Portugal, que conquistou sempre medalhas no boccia em Jogos Paralímpicos, foi derrotado por 8-5 pelo Japão, que ainda hoje joga a final com a Tailândia.

Nos Jogos Paralímpicos Londres2012, Portugal conquistou três medalhas, duas das quais no boccia: uma de prata em pares BC3, e uma de bronze na competição individual de BC3.

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos, que consiste em lançar bolas tentando deixá-las o mais perto possível de uma bola alvo, e é destinada a atletas com deficiência motora - paralisia cerebral em cadeira de rodas ou doenças neuromusculares -, que pode ser disputada individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por género.

Na modalidade, designada pelas iniciais BC, os atletas são divididos em quatro classes, numeradas de 1 a 4. As classes 1 e 2 são destinadas a atletas que jogam com a mão ou com o pé, a 3 agrupa os atletas que jogam com auxílio de calhas, e a 4 os praticantes que sofrem de doenças neuromusculares.

Esta é a segunda medalha conquistada por Portugal nos Jogos Rio2016, depois de Luís Gonçalves ter conseguido o bronze no atletismo, na prova dos 400 metros T12 (deficiência visual).

Lusa

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.