sicnot

Perfil

Rio 2016

Ciclistas portugueses estreiam-se hoje no contrarrelógio

Os ciclistas Luís Costa e Telmo Pinão estreiam-se hoje na prova de contrarrelógio dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, no mesmo dia em que começam as decisões nas competições individuais de boccia.

Telmo Pinão, que utiliza uma bicicleta normal parte para a estrada às 8:03 (12:03), enquanto Luís Costa, que compete numa 'handbike' na qual pedala com os braços, sai para o contrarrelógio - com partida e chegada à zona do Pontal - às 9:22 (13:22 em Lisboa).

Os dois ciclistas, ambos estreantes em competições paralímpicas, vão ainda disputar nos Jogos Rio2016 a prova de estrada.

No boccia, modalidade na qual Portugal já conquistou no Rio de Janeiro uma medalha de bronze na prova por equipas BC1/BC2, prosseguem as 'poules' das competições individuais.

Na piscina, Joana Calado, que regressa aos Jogos Paralímpicos oito anos depois de ter estado em Pequim, então com apenas 16 anos, nada às 09:34 (13:34) as eliminatórias dos 100 metros bruços SB8, cuja final está agendada para a tarde.

No centro olímpico de tiro, no Deodoro, Adelino Rocha disputa as eliminatórias de pistola a 50 metros, depois de ter sido 27.º nas eliminatórias de pistola a 10 metros e 30.º na prova de pistola a 25 metros.

No estádio Engenhão, Graça Fernandes participa às 11:17 (15:17) na final dos 400 metros T38 (deficiência motora).

Portugal está representado nos Jogos Paralímpicos por 37 atletas, que competem em sete modalidades, tendo até hoje conquistado duas medalhas de bronze, uma no atletismo e outra no boccia.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47