sicnot

Perfil

Rio 2016

Parlamento aprova voto de louvor à missão olímpica e paraolímpica portuguesa

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira por unanimidade um voto de louvor às missões portuguesas aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio 2016, "por terem honrado e dignificado o desporto português ao mais alto nível".

O voto, subscrito pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e por todos os partidos, sublinha que "os atletas portugueses souberam ser uma vez mais fiéis aos valores da excelência, da amizade e do respeito, e também da coragem, da determinação, da inspiração e da igualdade, os valores que regem os movimentos olímpico e paralímpico".

"Para além do empenho e brio que todos os atletas colocaram nas suas prestações, merecem destaque as cinco medalhas de bronze e os trinta e cinco diplomas obtidos pelas missões nacionais", lê-se no voto.

O documento destaca a única medalha portuguesa nos Jogos Olímpicos, o bronze conquistado pela atleta Telma Monteiro, no judo (-57 kg), "merecendo uma justa palavra de reconhecimento e gratidão pela perseverança e garra que incutiu na sua prestação".

Nos Jogos Paralímpicos, é sublinhada a medalha de bronze nos 400 metros, classe T12 (deficientes visuais), de Luís Gonçalves, a medalha de bronze de Manuel Mendes na maratona T46, e o bronze de José Carlos Macedo, no boccia BC3.

O voto destaca ainda, em termos coletivos, o bronze conquistado pela equipa de boccia BC1-BC2, constituída por Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, que alcançou a 90.ª medalha para Portugal em Jogos Paralímpicos, ao bater a Argentina por 6-2".

Lusa

  • "Afinal, o diabo não chegou em setembro"

    Economia

    Catarina Martins considera que os dados da Execução Orçamental mostram uma redução grande do défice e que são a prova de que "afinal o diabo não chegou em setembro". Os dados foram analisados da Esquerda à Direita e, se por um lado, a Direita não ficou convencida, a Esquerda considera que o Governo está no rumo certo.

  • Passos diz que o Governo quer isentar o PS da desgraça dos últimos anos

    Economia

    Passos Coelho não acredita que o País consiga um défice inferior a 2,5%. No dia em que esteve em Castelo Branco e Santarém, o líder da oposição acusou o Governo de ser responsável pelo fraco investimento e voltou a comparar a governação de António Costa à de José Sócrates. Passos acusou ainda o PS de querer reescrever a história para se isentar do que aconteceu nos últimos anos.

  • 43 anos na cadeira de rodas por diagnóstico errado
  • Rei saudita corta salários a ministros em 20%

    Mundo

    O Governo do rei saudita, Salman, decidiu esta seguda-feira reduzir os salários dos seus ministros em 20% e cortou benefícios a outros agentes estatais, continuando uma política de austeridade em resposta à decida do preço do petróleo.

  • Obama e Anthony Bourdain numa tasca no Vietname
  • Paris vai abrir o primeiro parque nudista

    Mundo

    A Câmara de Paris aprovou esta segunda-feira um plano para criar um parque exclusivo para nudistas na capital francesa. De acordo com a lei em França, os franceses podem pagar uma multa até 15 mil euros ou arriscar um ano de prisão se forem apanhados nus em público.

  • Desconforto entre Ronaldo e Zidane?
  • Responda às Perguntas da Semana
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    A liderança do Benfica no campeonato, as derrotas do Sporting de Jorge Jesus, e a qualidade do plantel do FC Porto são alguns dos temas das perguntas desta semana. Participe no Tempo Extra e responda às questões lançadas por Rui Santos.