sicnot

Perfil

Rock in Rio

Fãs de Ariana Grande desiludidos com o cancelamento do concerto

Fãs de Ariana Grande desiludidos com o cancelamento do concerto

O último dia de Rock in Rio fica marcado por uma alteração de última hora no alinhamento dos concertos do Palco Mundo. Ariana Grande cancelou o espetáculo por motivos de saúde e foi substiutida por Ivete Sangalo, que já ontem tinha atuado no Parque da Bela Vista. O DJ sueco Aviccii é o cabeça de cartaz.

  • Ariana Grande triste por não atuar em Portugal

    Rock in Rio

    A cantora norte-americana preparava-se para a grande estreia em Portugal mas foi traída por uma infeção na garganta. Na rede social Twitter, Ariana Grande diz estar muito triste por não atuar hoje no Rock in Rio e confessa ter chorado durante um a hora quando os médicos a aconselharam a não cantar nos próximos dias.

  • Ivete Sangalo pede desculpa em 360º

    Cartaz

    Ivete Sangalo pediu desculpa aos fãs de Ariana Grande pela ausência da cantora que cancelou o espetáculo em Lisboa, por motivos de saúde. A artista brasileira falou em nome da organização do Rock in Rio e agradeceu o apoio do público nesta sua segunda atuação na sétima edição do festival.

  • Ivete Sangalo sobe ao palco no lugar de Ariana Grande

    Rock in Rio

    A norte-americana Ariana Grande cancelou o espetáculo marcado para hoje no Rock in Rio Lisboa, "por motivos de doença", anunciou a organização do festival. Num comunicado hoje divulgado, a organização refere que, "para garantir a festa na 'cidade do rock', e depois do sucesso da atuação de sábado, a organização do evento confirma um segundo espetáculo de Ivete Sangalo no 'line-up'".

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.