sicnot

Perfil

Rock in Rio Lisboa

Rock in Rio Lisboa

Rock in Rio

Rock in Rio recebeu 329 mil pessoas na edição deste ano

A edição deste ano do festival de música Rock in Rio em Lisboa juntou 329 mil pessoas, com o passado sábado a ser o mais concorrido, com 85 mil, segundo dados divulgados hoje pela organização.

O Rock in Rio decorreu nos dias 19 e 20 deste mês e, depois, a 27, 28 e 29 (terminou na última madrugada), no Parque da Bela Vista, em Lisboa. No sábado, quando a banda norte-americana Maroon 5 atuou no palco principal, foram registados 85 mil visitantes. No dia 20, com Queen e Adam Lambert, foram 74 mil visitantes, e o primeiro dia, com Bruce Springsteen registou 67 mil.

Nos dias menos concorridos atuaram Hollywood Vampires, com 56 mil fãs, e Avicci, na última noite, com apenas 47 mil.

Naquela que foi a sétima edição do festival, em Lisboa, outros números que a marcaram dizem respeito a comidas e bebidas, tudo em milhares, como contabiliza a organização no comunicado de hoje. Só de cerveja foram vendidos 145 mil litros, seguindo-se 80 mil litros de água e 60 mil litros de refrigerantes.

Nos cinco dias, foram consumidas 12 mil bifanas, 750 quilos de pão, 19 mil pacotes de batatas fritas, 240 quilos de salmão, 600 quilos de atum e 400 de fruta.

E porque o Rock in Rio é também local de diversão, 32 mil pessoas andaram na roda gigante instalada no alto do Parque e mais de três mil fizeram "slide".

Ainda segundo outros números, foram distribuídos 40 mil sofás, oferta do principal patrocinador do evento (Vodafone), mais 60 por cento face à edição anterior, duas mil pessoas dançaram por dia nos palcos de um dos produtos da marca, que em colaboração com a organização do festival, criou inovações tecnológicas no recinto, nomeadamente as chamadas "smart toilet".

Instalando sensores em cada casa de banho, foi possível identificar e anunciar os locais com mais oferta e assim encaminhar as pessoas. E, segundo dados fornecidos pela empresa, concluiu-se que o tempo médio de utilização foi de um minuto, aumentando em relação às casas de banho com espelho.

Com mais de 300 mil pessoas no recinto registaram-se "apenas 500 ocorrências com atendimento de saúde", nenhuma delas grave, e em termos de segurança apenas há relatos de pequenos conflitos entre grupos.

A organização do Rock in Rio anunciou recentemente o projeto Amazonia Live, com o objetivo de plantar árvores na Amazónia, tendo os portugueses contribuído para a plantação de 35 mil árvores, segundo os números divulgados no festival.

O Rock in Rio foi criado em 1985, pelo brasileiro Roberto Medina. Em 2004, realizou-se pela primeira vez em Portugal e, desde aí, voltou a Lisboa de dois em dois anos, estando já marcada uma nova edição para 2018.

Entre Brasil, Portugal, Espanha e Estados Unidos já foram organizadas 17 edições, pelas quais passaram 8,5 milhões de pessoas.

Lusa

  • Puth e Sprinsgteen, os antigos vizinhos que atuaram no Rock in Rio
    2:49

    Rock in Rio

    Na última noite de Rock in Rio, foi também noite de estreia em Portugal. Charlie Puth atou pela primeira vez em Portugal e pisou pela primeira vez o Palco Mundo. O músico conversou com a SIC sobre a carreira e também sobre Bruce Sprinsgteen. Charlie Puth confessa que já foi vizinho do cantor que também atuou na cidade do Rock.

  • Avicii fechou a 7ª edição do Rock in Rio
    3:44

    Rock in Rio

    O DJ sueco Avicii fechou a sétima edição do Rock in Rio Lisboa, no Palco Mundo. O último dia ficou ainda marcado pela segunda atuação de Ivete Sangalo que subiu ao palco para substituir Ariana Grande, que cancelou a presença por motivos de doença.

  • Fãs de Ariana Grande desiludidos com o cancelamento do concerto
    1:52

    Rock in Rio

    O último dia de Rock in Rio fica marcado por uma alteração de última hora no alinhamento dos concertos do Palco Mundo. Ariana Grande cancelou o espetáculo por motivos de saúde e foi substiutida por Ivete Sangalo, que já ontem tinha atuado no Parque da Bela Vista. O DJ sueco Aviccii é o cabeça de cartaz.

  • Ivete Sangalo pede desculpa em 360º

    Cartaz

    Ivete Sangalo pediu desculpa aos fãs de Ariana Grande pela ausência da cantora que cancelou o espetáculo em Lisboa, por motivos de saúde. A artista brasileira falou em nome da organização do Rock in Rio e agradeceu o apoio do público nesta sua segunda atuação na sétima edição do festival.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.