sicnot

Perfil

Shimon Peres 1923-2016

Shimon Peres 1923-2016

Shimon Peres 1923-2016

Israel "perdeu um pai" cuja herança será sempre lembrada

O presidente do Parlamento Europeu (PE), Martin Schulz, salientou hoje que o povo israelita "perdeu um pai" com a morte de Shimon Peres, um marco na história do país que deixou uma herança que será sempre lembrada.

"Hoje, o povo israelita perdeu um pai e um marco na paisagem política e ma história do país. Partilhamos a sua dor", disse Schulz num comunicado.

A "imensa herança" do ex-primeiro-ministro e Presidente de Israel nunca será esquecida e continuará a inspirar aqueles que acreditam na diplomacia, no diálogo e na reconciliação", acrescentou.

O presidente do PE saudou ainda "a memória de um estadista excepcional e visionário: um verdadeiro defensor da segurança, paz e dignidade", lembrando que o líder israelita tinha "uma visão para o Médio Oriente" e acreditava na paz" com os palestinianos e "os países árabes vizinhos".

Shimon Peres sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) a 13 de setembro e encontrava-se hospitalizado desde então.

Peres era o último sobrevivente da geração dos "pais fundadores" de Israel e foi um dos principais artesãos dos acordos de Oslo, assinados com os palestinianos em 1993, o que lhe valeu a atribuição do Nobel da Paz em 1994.

Shimon Peres ocupou quase todos os mais importantes cargos políticos em Israel - ministro de várias pastas em vários governos, primeiro-ministro interino, primeiro-ministro e Presidente (2007-2014).

Lusa

  • Alterações nos horários das farmácias têm o objetivo de evitar duplicação de serviços
    1:50
  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),