sicnot

Perfil

Shimon Peres 1923-2016

Shimon Peres 1923-2016

Shimon Peres 1923-2016

Marcelo recorda Peres como figura mundial de paz e exemplo notável

© Nir Elias / Reuters

O Presidente da República lembrou hoje o antigo chefe de Estado de Israel Shimon Peres como uma grande figura mundial de paz, de fraternidade e de solidariedade, sublinhando a importância do seu exemplo notável não ser esquecido.

"A paz deve-lhe muito, como foi reconhecido pelo Prémio Nobel e é com muita pena que vemos desaparecer uma figura de paz, de fraternidade, de solidariedade, de criação de condições para aquela área que tanto tem sofrido a guerra, a incompreensão, o afrontamento", afirmou o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas à saída do Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, que decorre em Lisboa.

Fazendo votos para que "o exemplo notável e que apela muito no coração de todos os que amam a paz em todo o mundo" possa servir de inspiração, o Presidente da República considerou Shimon Peres como "uma grande figura não apenas nacional, mas mundial".

Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda que o antigo Presidente de Israel tinha sido convidado a deslocar-se a Portugal e que a visita deveria realizar-se dentro de um mês.

"Mas, infelizmente não vai acontecer", lamentou.

O Presidente da República acrescentou ainda que já apresentou os sentimentos à família de Shimon Peres e ao povo israelita.

O ex-presidente de Israel e Nobel da Paz Shimon Peres morreu hoje, por volta das 03:00 (01:00 em Lisboa).

Shimon Peres sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) a 13 de setembro e encontrava-se hospitalizado desde então.

Peres era o último sobrevivente da geração dos "pais fundadores" de Israel e foi um dos principais artesãos dos acordos de Oslo, assinados com os palestinianos em 1993, o que lhe valeu a atribuição do Nobel da Paz em 1994.

Shimon Peres ocupou quase todos os mais importantes cargos políticos em Israel - ministro de várias pastas em vários governos, primeiro-ministro interino, primeiro-ministro e presidente (2007-2014).

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.