sicnot

Perfil

Sismo em Itália

Gata resgatada dos escombros de Amatrice cinco dias depois do sismo

ENPA - Ente Nazionale Protezione Animali (Facebook)

Gioia é a mais recente sobrevivente do terramoto que assolou Amatrice, no centro de Itália. A gata esteve encurralada nos escombros durante cinco dias e foi resgatada com vida pelas equipas de salvamento.

Cinco dias após o terramoto em Itália, Daniela, uma das sobreviventes, tinha já poucas esperanças de encontrar a sua gata de estimação, Gioia.

A gata, cujo nome significa "alegria" em português, estava presa debaixo dos escombros da casa de Daniela, situada em Amatrice, uma das áreas mais afetadas pelo sismo que matou mais de 200 pessoas.

A dona de Gioia pediu aos bombeiros que tentassem encontrar o seu animal de estimação, dizendo-lhes que era tudo o que lhe restava.

ENPA - Ente Nazionale Protezione Animali (Facebook)

Durante as escavações em busca de sobreviventes, um dos bombeiros avistou a gata, que apresentava sinais de profunda desidratação, mas estava viva.

O corpo de bombeiros que atuou no resgate do animal publicou depois um vídeo onde é possível assistir ao resgate da gata, que se encontra agora bem de saúde.

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.