sicnot

Perfil

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo de 7,9 no Nepal mata 114 pessoas

O sismo de magnitude 7.9 na escala de Richter que esta manhã abalou o Nepal pode ter provocado vários mortos. Para já, há 114 mortos confirmados, vários feridos e dezenas estão presas nos escombros dos edifícios.

© Navesh Chitrakar / Reuters

As primeiras imagens do local, mostram um grupo de mães e filhos no exterior de uma escola minutos depois do sismo.

Os feridos estão a acorrer aos hospitais da região e há relatos de várias pessoas presas nos escombros de edifícios que colapsaram.

A primeira vítima mortal confirmada, uma adolescente de 15 anos,  morreu depois de ter sido atingida num parque por uma estátua que caiu.

O abalo teve epicentro a cerca de 80 km da capital, Katmandu, mas foi sentido em Nova Deli, na Índia, e no Paquistão.

De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos o sismo ocorreu por volta do meio-dia, hora local, sete da manhã em Lisboa a uma profundidade de apenas 2 quilómetros.

Testemunhas citadas pelas agências internacionais falam em ruas repletas de gente em pânico, ambulâncias e sirenes da polícia e bombeiros.

As autoridades avisaram a população que são esperadas mais réplicas e apelaram à calma e à ordem nas ruas.

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33