sicnot

Perfil

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Facebook lança apelo para donativos às vítimas do sismo no Nepal

O Facebook lançou um apelo aos internautas para fazerem um donativo destinado às vítimas do sismo no Nepal e propôs oferecer 2 milhões de dólares para completar as contribuições que forem feitas. 

© China Stringer Network / Reut

"As pessoas manifestam a intenção de apoiar as vítimas do sismo que assolou as populações do Nepal, India e Bangladesh", explicou a direção do Facebook no seu blogue.

 

Na segunda-feira, o Facebook enviou aos seus utilizadores uma mensagem convidando-os a fazerem um donativo à Organização Não Governamental International Medical Corps, que enviou equipas de socorro para região sinistrada.

 

O Facebook também ativou um sistema de alerta, chamado de "verificação de segurança", permitindo que aqueles que estão na área onde ocorreu a catástrofe previnam os seus familiares e amigos de como se encontram.

 

Desde a introdução deste sistema, no último sábado, no Nepal, assim como em algumas áreas do Bangladesh, Índia e Butão, milhões de pessoas já relataram que estavam seguras enquanto dezenas de milhões disseram que pessoas que conhecem que se encontravam no local estão bem.

 

"Em tempos de crise, temos visto as pessoas recorrerem ao Facebook para saberem o que estava a acontecer, partilhar as suas experiencias e apoiar uns aos outros".

 

 

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51