sicnot

Perfil

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal destruiu 668 escolas e causou danos em outras 2.228

 O Governo do Nepal informou que o terramoto que devastou o país há dez dias destruiu 668 e pediu aos especialistas que certifiquem se as outras 2.228 que sofreram danos são seguras antes de serem retomadas as aulas.

© Athit Perawongmetha / Reuters

O Departamento de Educação nepalês assegurou, em comunicado, que os estabelecimentos de ensino de 36 distritos do país - de um total de 75 - foram afetados pelo sismo, indica o jornal Kantipur.

"Dado que as edificações parcialmente destruídas podem representar um risco para os estudantes, a administração das escolas localizadas nos distritos afetados receberam instruções para realizarem um estudo dos danos antes de retomarem as aulas" no próximo dia 14, disse a diretora da Educação, Dev Kumari Guragain.

A organização não-governamental Teach for Nepal trabalha em Sindhupalchowk, o distrito mais afetado pelo forte terramoto, onde 90% das infraestruturas ficaram destruídas ou gravemente danificadas, segundo estimativas das Nações Unidas, deu conta das dificuldades que se sentem na zona.

"Entre 80 e 90% das casas das comunidades com as quais trabalhamos ficaram reduzidas a escombros", disse Sweta Baniya, porta-voz da organização, em declarações à agência Efe.

"Os professores nessa zona estão desesperados, sem saber quando poderão voltar a ensinar. Como é que vamos dizer às crianças para retomarem os estudos quando perderam familiares, a sua casa e os seus livros?", questionou a mesma responsável.

O sismo de magnitude 7,8 que sacudiu o Nepal a 25 de abril último causou, segundo o mais recente balanço oficial, 7.365 mortos e 14.355 feridos.


Lusa
  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.