sicnot

Perfil

Operação Marquês

"Sinto-me mais livre do que nunca"

"Sinto-me mais livre do que nunca"

José Sócrates garante ao Expresso que vai agir para se defender publicamente. Numa curta declaração feita, por telefone, na tarde desta sexta-feira, José Sócrates diz sentir-se mais livre do que nunca.

  • Advogado de Sócrates vai apresentar recurso
    1:21

    País

    O advogado de José Sócrates anunciou hoje que vai recorrer na próxima semana da medida de coação aplicada ao ex-primeiro-ministro. João Araújo esteve cerca de três horas na prisão de Évora. "Vou avançar com o recurso [da prisão preventiva] na próxima semana", disse o advogado que, questionado pelos jornalistas sobre se já sabia qual o dia concreto, se limitou a acrescentar: "Depende de quando estiver pronto".João Araújo acrescentou que nem Sócrates nem ele conhecem os factos da corrupção.O advogado considerou ainda que a prisão de José Sócrates "é ilegal, porque não cumpre a lei", mas não quis concretizar: "Eu não posso dizer essas coisas", frisou.João Araújo falava aos jornalistas à saída do Estabelecimento Prisional de Évora, onde hoje esteve reunido, durante cerca de três horas, com José Sócrates, que aí está a cumprir prisão preventiva.Quanto aos outros dois arguidos no "processo Marquês", encontram-se presos pr

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.