sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Defesa de Sócrates vai impugnar decisões dos tribunais

A defesa de José Sócrates diz que vai impugnar, por todos os meios, as decisões judiciais que mantiveram a prisão preventiva. Em comunicado, os advogados dizem que os acórdãos do Tribunal da Relação e do Supremo Tribunal de Justiça contrariam a lei. 

Os advogados do ex-primeiro-ministro José Sócrates, João Araújo (D) e Pedro Delille (E), à saída do Supremo Tribunal de Justiça

Os advogados do ex-primeiro-ministro José Sócrates, João Araújo (D) e Pedro Delille (E), à saída do Supremo Tribunal de Justiça

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

João Araújo e Pedro Delille reafirmam que não existe, no processo, nenhum facto criminal concreto contra o antigo primeiro ministro. Falam, ainda, numa justiça ameaçada pela "voz do moralismo e pela polícia de costumes", que serve o "pseudo-jornalismo dos tablóides".

Os advogados queixam-se de só terem sabido da decisão do Tribunal da Relação, que rejeitou o recurso, duas horas depois de ter sido anunciado aos jornalistas. E adiantam que, sem perigo de fuga, os juízes desembargadores não poderiam ter mantido a prisão preventiva.

Esta semana, dois tribunais decidiram manter a medida de coação máxima. O Tribunal da Relação confirmou que há indícios muito fortes contra José Sócrates e que, se estivesse em liberdade, poderia prejudicar a investigação.
  • Eliseu está com gripe e não treinou

    Taça das Confederações

    Eliseu não deverá ser opção para jogo de sábado da seleção nacional, na Taça das Confederações. O jogador está com gripe e não treinou esta manhã em S. Petersburgo. Sem Raphaël Guerreiro, lesionado, Portugal fica sem defesas esquerdos disponíveis.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Johnny Depp sugere assassínio de Trump
    0:31