sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Defesa de Sócrates interpõe recursos e pede aceleração processual à PGR

Os advogados de defesa de José Sócrates disseram hoje ter apresentado, ao juiz de Instrução Criminal, um recurso da prisão preventiva do ex-primeiro-ministro e pediram à procuradora-geral da República aceleração processual do caso.

Um dos advogados de defesa do antigo primeiro-ministro, José Sócrates.

Um dos advogados de defesa do antigo primeiro-ministro, José Sócrates.

Francisco Seco / AP

Pedro Dellile e João Araújo convocaram, para hoje à tarde, uma conferência de imprensa para informarem os jornalistas de que apresentaram ao juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), um pedido de libertação imediata de José Sócrates, detido preventivamente desde novembro na prisão de Évora.

Os causídicos informaram também que entregaram à procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, um pedido de "aceleração processual" e apresentaram, no Tribunal da Relação, uma reclamação relacionada com a incompetência material do TCIC, após a decisão do recurso deste tribunal superior de manter a prisão preventiva de José Sócrates.

Também em relação ao indeferimento de um dos "habeas corpus" por parte do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), os advogados recorreram da decisão para o plenário de juízes do STJ. 

Na opinião de Pedro Dellile, a acusação está a imputar a José Sócrates o crime de enriquecimento injustificado, "algo que não existe, que não está tipificado".
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.