sicnot

Perfil

Operação Marquês

Joaquim Barroca vai aguardar na cadeia até ir para casa com pulseira eletrónica

Joaquim Barroca vai aguardar na cadeia até ir para casa com pulseira eletrónica

Vai ficar em prisão domiciliária o administrador do Grupo Lena, suspeito de ter sido um dos corruptores do ex-primeiro-ministro José Sócrates. Joaquim Barroca terá, no entanto, que passar alguns dias na cadeia até ir para casa. Outra novidade do processo é a existência de mais um arguido - a mulher de Carlos Santos Silva, o amigo do ex-primeiro-ministro.

  • Joaquim Barroca pode vir a ficar em prisão domiciliária
    2:38

    País

    O administrador do Grupo Lena, Joaquim Barroca, ficou em prisão preventiva, no âmbito da Operação Marquês. Uma medida de coação que pode ser substituída por prisão domiciliária. A decisão do juiz Carlos Alexandre foi anunciada esta sexta-feira e acompanhada pela repórter Sara Antunes de Oliveira.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".