sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Armando Vara detido no âmbito da Operação Marquês

Armando Vara foi detido para interrogatório no âmbito da Operação Marquês. A mesma que levou à detenção de José Sócrates. O ex-ministro socialista está detido nas instalações do comando metropolitano da PSP, em Lisboa, desde as 18h30. De acordo com um comunicado da Procuradoria- Geral da República, "estão em causa factos susceptíveis de integrarem os crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais".

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

A detenção surge depois de buscas efetuadas, esta quinta-feira, pelo Ministério Público e pela Autoridade Tributária quer na sua residência quer na sede da Caixa Geral de Depósitos de que foi administrador. 

Armando Vara é amigo pessoal de José Sócrates e foi já condenado a cinco anos de prisão efetiva no processo Face Oculta, que incluia várias escutas com o ex-primeiro-ministro, um processo que está em recurso no Tribunal da Relação do Porto.

Armando Vara vai ser ouvido em primeiro interrogatório judicial esta sexta-feira no Tribunal Central de Instrução Criminal, para aplicação de medidas de coação.

  • Percurso de Armando Vara marcado por sobressaltos e polémicas
    3:19

    País

    Armando Vara nasceu em Vinhais, Trás-os-Montes, há 61 anos. É descrito como um homem que subiu a pulso mas com uma vida marcada por sobressaltos e polémicas. Passou pela política como ministro de António Guterres, e pela banca, na Caixa Geral de Depósitos e BCP. Está condenado a 5 anos de prisão no escândalo das sucatas e não está preso porque recorreu.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.