sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Vara suspeito de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais

O ex-ministro Armando Vara foi detido hoje para interrogatório judicial no âmbito da Operação Marquês por suspeita dos crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, informou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

De acordo com a nota da PGR, Armando Vara vai ser presente, na sexta-feira, ao Tribunal Central de Instrução Criminal (TCI), para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, acrescenta a nota da PGR.

De acordo com a PGR, na sequência das investigações em curso no âmbito da "Operação Marquês, "foi emitido um mandado de detenção fora de flagrante delito, para sujeição a interrogatório judicial, relativamente ao suspeito Armando Vara".

"Estão em causa factos suscetíveis de integrarem os crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais", refere a nota. Armando Vara é suspeito dos mesmos crimes de que o ex-primeiro-ministro José Sócrates, em prisão preventiva desde 25 de novembro último, se encontra indiciado.

A PGR acrescenta que foram também realizadas buscas domiciliárias em instalações de sociedades e numa instituição bancária.

Nas diligências, realizadas por um magistrado do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), o Ministério Público foi coadjuvado pela Autoridade Tributária (AT) e pela Polícia de Segurança Pública (PSP).

  • Percurso de Armando Vara marcado por sobressaltos e polémicas
    3:19

    País

    Armando Vara nasceu em Vinhais, Trás-os-Montes, há 61 anos. É descrito como um homem que subiu a pulso mas com uma vida marcada por sobressaltos e polémicas. Passou pela política como ministro de António Guterres, e pela banca, na Caixa Geral de Depósitos e BCP. Está condenado a 5 anos de prisão no escândalo das sucatas e não está preso porque recorreu.

  • Análise à detenção de Armando Vara
    15:48

    Operação Marquês

    O ex-ministro Armando Vara foi detido hoje para interrogatório judicial no âmbito da Operação Marquês por suspeita dos crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, informou a Procuradoria-Geral da República (PGR). A análise é de Ricardo Costa, diretor do jornal Expresso.

  • Armando Vara ouvido hoje no Tribunal Central de Instrução Criminal
    1:43

    Operação Marquês

    O ex-ministro Armando Vara vai ser ouvido esta sexta-feira no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa, no âmbito da Operação Marquês, por suspeita de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, segundo uma nota da Procuradoria-Geral da República (PGR). O antigo ministro de Sócrates foi detido ontem para interrogatório no âmbito da Operação Marquês, a mesma que levou à detenção do ex-primeiro-ministro. Eis os pormenores da detenção, com a jornalista Marisa Caetano Antunes.

  • Armando Vara detido no âmbito da Operação Marquês

    Operação Marquês

    Armando Vara foi detido para interrogatório no âmbito da Operação Marquês. A mesma que levou à detenção de José Sócrates. O ex-ministro socialista está detido nas instalações do comando metropolitano da PSP, em Lisboa, desde as 18h30. De acordo com um comunicado da Procuradoria- Geral da República, "estão em causa factos susceptíveis de integrarem os crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais".

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.