sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Terminou interrogatório a Armando Vara

O interrogatório judicial de Armando Vara terminou pelas 17:30, no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, e o Ministério Público vai apresentar as medidas de coação ao juiz Carlos Alexandre por volta das 18:30 desta sexta-feira, disse fonte judicial.

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

Armando Vara, que é defendido por Tiago Bastos, foi detido na quinta-feira, por suspeitas de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, informou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Após o interrogatório judicial, que começou hoje pelas 12:00, é agora a vez de o Ministério Público propor as medidas de coação que entender adequadas, sendo, porém, o juiz o responsável por as determinar. 

Armando Vara, de 61 anos, foi, nos governos socialistas de António Guterres, ministro-adjunto do primeiro-ministro, com os pelouros da juventude, toxicodependência e comunicação social, e ministro da Juventude e Desporto.

Posteriormente, foi administrador da Caixa Geral de Depósitos e do Millennium BCP.

Em setembro do ano passado, Armando Vara foi condenado a cinco anos de prisão efetiva, no processo Face Oculta, por tráfico de influências. Esta decisão está em recurso no Tribunal da Relação do Porto.

A 'Operação Marquês' já conta com nove arguidos, sendo que o ex-primeiro ministro José Sócrates é o único que se encontra preso preventivamente, indiciado por fraude fiscal qualificada, corrupção e branqueamento de capitais.

O empresário Carlos Santos Silva, o administrador do grupo Lena Joaquim Barroca, o ex-motorista de Sócrates João Perna, o administrador da farmacêutica Octapharma Paulo Lalanda de Castro, a mulher de Carlos Santos Silva, Inês do Rosário, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e o presidente da empresa que gere o empreendimento de Vale do Lobo, Diogo Gaspar Ferreira são os outros arguidos no processo.

Entretanto hoje, os advogados de defesa de José Sócrates emitiram uma nota de esclarecimento, na qual indicam que o ex-primeiro-ministro "não tem [...] qualquer tipo responsabilidade, participação ou contributo em qualquer ato que seja sequer suspeito de ter beneficiado diretamente quaisquer interesses privados, designadamente do empreendimento Vale do Lobo ou dos seus proprietários ou clientes".

Indicam também ser "absolutamente falso" que alguma vez Sócrates tenha recebido vantagem "patrimonial ou financeira" e que não tem "conhecimento do relacionamento entre o referido empreendimento turístico e as indicadas pessoas [Armando Vara] e quaisquer instituições bancárias". 

Com Lusa

  • Vara chegou ao Tribunal Central de Instrução Criminal
    2:36

    Operação Marquês

    Armando Vara está no Tribunal Central de Instrução Criminal, para ser ouvido no primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação. Chegou perto das 12:00, como relata a repórter da SIC Sara Antunes de Oliveira. O antigo ministro de António Guterres foi detido ontem para interrogatório no âmbito da Operação Marquês, a mesma que levou à detenção do ex-primeiro ministro.

  • Armando Vara ouvido pelo juiz Carlos Alexandre
    1:55

    Operação Marquês

    Depois de ter sido ontem detido e constituído arguido no processo que envolve José Sócrates, Armando Vara é hoje ouvido pelo juiz Carlos Alexandre. As suspeitas estarão relacionadas com o empreendimento Vale do Lobo. O antigo ministro socialista passou a noite no comando metropolitano da PSP de Lisboa.

  • Percurso de Armando Vara marcado por sobressaltos e polémicas
    3:19

    País

    Armando Vara nasceu em Vinhais, Trás-os-Montes, há 61 anos. É descrito como um homem que subiu a pulso mas com uma vida marcada por sobressaltos e polémicas. Passou pela política como ministro de António Guterres, e pela banca, na Caixa Geral de Depósitos e BCP. Está condenado a 5 anos de prisão no escândalo das sucatas e não está preso porque recorreu.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC