sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Joaquim Barroca paga 400 mil euros para deixar prisão domiciliária

Joaquim Barróca, um dos donos do Grupo Lena e alegado corruptor de José Sócrates, terá de pagar uma caução de 400 mil euros para deixar de estar em prisão domiciliária.

Joaquim Barroca é suspeito de ter feito depósitos em contas "offshore", que o Ministério Público acredita terem tido como último destinatário José Sócrates. (Arquivo)

Joaquim Barroca é suspeito de ter feito depósitos em contas "offshore", que o Ministério Público acredita terem tido como último destinatário José Sócrates. (Arquivo)

Assim que pagar a caução, o empresário ficará proibido de se ausentar do país e de contactar os outros arguidos do processo.

A alteração da medida de coação foi decidida hoje pelo juiz Carlos Alexandre. por proposta do Ministério Público.

Joaquim Barroca é suspeito de ter feito depósitos em contas "offshore", que o Ministério Público acredita terem tido como último destinatário o antigo primeiro-ministro, como contrapartida por alegados atos de favorecimento à empresa de construção.

Entretanto, José Sócrates completa amanhã oito meses em prisão preventiva. Em junho, o antigo governante recusou ir para casa com pulseira electrónica.

  • Advogados negam envolvimento de Sócrates em corrupção no Grupo Lena
    1:40

    Operação Marquês

    Perante a detenção de Joaquim Barroca Rodrigues, no âmbito da Operação Marquês, os advogados de José Sócrates vieram esta sexta-feira reafirmar que o antigo primeiro-ministro não está envolvido em atos de corrupção no Grupo Lena. Em conferência de imprensa, João Araújo acusou o Ministério Público de querer manter um espetáculo encenado para justificar a prisão preventiva de Sócrates.

  • A casa dos horrores
    7:57

    Mundo

    Um casal foi detido na Califórnia acusado de tortura e escravidão dos 13 filhos: o mais velho tinha 29 anos e a mais nova dois. A polícia encontrou um cenário de horror quando entrou na casa da família, depois de uma das filhas ter fugido pela janela. Crianças e jovens estavam amarrados às camas e todos estavam mal alimentados. Mas nas redes sociais, o casal Turpin divulgava imagens de uma família feliz.

  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45
  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38