sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Sócrates perde recurso no Tribunal Constitucional

José Sócrates perdeu um novo recurso, desta vez no Tribunal Constitucional. O ex-primeiro ministro queria que os juízes declarassem inconstitucionais interpretações feitas pelo tribunal da Relação de Lisboa que o manteve em prisão preventiva.

A defesa do ex-líder do PS recorreu para o TRL alegando que a decisão era nula porque a prisão preventiva mantida nesse despacho não estava fundamentada, sendo esta a questão principal do recurso. (Arquivo)

A defesa do ex-líder do PS recorreu para o TRL alegando que a decisão era nula porque a prisão preventiva mantida nesse despacho não estava fundamentada, sendo esta a questão principal do recurso. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

Em causa estavam ditados populares utilizados pelos juízes da relação de Lisboa na resposta a um recurso de José Socrates. Expressões de que é exemplo "quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lado lhe vem".

Os advogados do ex-governante queriam que os juízes do Palácio Ratton declarassem inconstitucionais essas expressões, o que não aconteceu.

Os conselheiros recusaram ainda declarar inconstitucional o facto de o juiz Carlos Alexandre não ter ouvido o ex-primeiro-ministro quando recusou a prisão domiciliária.

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43