sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

"Todos os meus direitos políticos estão intactos e tenciono exercê-los", diz Sócrates

O antigo primeiro-ministro José Sócrates disse hoje que todos os seus direitos políticos "estão intactos", salientando que não aceita o "banimento" que lhe quiseram fazer da vida pública e política do país.

SIC

SIC

"Aceitei este convite com um outro objetivo que quero deixar claro logo desde início, é que eu não aceito o banimento que quiseram fazer-me da vida pública e da vida política no nosso país", afirmou José Sócrates, na conferência "Justiça e Política", que se realiza em Vila Velha de Ródão, distrito de Castelo Branco.

Na primeira iniciativa pública em que participa após ter estado preso, a convite da Comissão Política Concelhia do PS, onde, à chegada, foi aplaudido de pé por centenas de pessoas, o antigo governante socialista deixou claro que todos os seus "direitos políticos estão intactos" e tenciona exercê-los.

"E, portanto, se alguém lhe passou pela cabeça que eu iria prescindir dos meus direitos políticos e dos direitos de intervenção na política civicamente estão equivocados", acrescentou.

Antes, José Sócrates esclareceu que aceitou o convite, também "para agradecer publicamente a todos aqui no distrito", onde sempre fez a sua vida política, mas também a todos "aqueles um pouco por todo o país" lhe manifestaram "simpatia, amizade, apoio e confiança".

"Quero que todos saibam neste momento o quão importante foram para mim essas manifestações de apoio, de solidariedade, de companheirismo e de confiança", adiantou, assinalando que os últimos meses "foram muito difíceis".

O ex-primeiro-ministro foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Sócrates esteve preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora mais de nove meses, tendo esta medida de coação sido alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 04 de setembro passado.

O antigo governante foi libertado no passado dia 16 da medida de coação de prisão domiciliária, embora fique proibido de se ausentar de Portugal e de contactar com outros arguidos do processo denominado "Operação Marquês".

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.