sicnot

Perfil

Operação Marquês

Até onde avançou a Operação Marquês

REPORTAGEM ESPECIAL

Até onde avançou a Operação Marquês

Faz esta semana um ano que José Sócrates foi detido por suspeitas de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito. Vamos procurar mostrar até onde avançou a investigação, que já leva quase dois anos e meio. Tentámos obter respostas e ouvir as vozes das defesas dos arguidos, mas apenas o advogado de João Perna aceitou a entrevista. Também a José Sócrates a SIC enviou há três semanas uma lista de perguntas e a resposta dos advogados chegou apenas hoje, já ao fim da tarde: são sete páginas enviadas por correio eletrónico. Não vieram a tempo de serem tratadas para integrar esta reportagem, mas a notícia será dada esta sexta-feira no Jornal da Noite.

  • Um ano depois da prisão de Sócrates a investigação ainda está longe do fim
    3:56

    Operação Marquês

    Praticamente um ano depois da prisão de José Sócrates, a investigação da Operação Marquês está ainda longe do fim. Os investigadores continuam a trabalhar numa montanha de papel e de informação: extratos bancários, contratos de obras públicas, escutas e outras provas, que levam a um labirinto de pistas onde é difícil seguir o rasto do dinheiro. Há três semanas, a SIC enviou a José Sócrates uma lista de perguntas relacionadas com as suspeitas do processo, mas os esclarecimentos chegaram apenas esta quinta-feira, já ao final da tarde. A SIC irá isso divulgar esta sexta-feira as respostas dadas pelo ex-primeiro-ministro.

  • Os "esquemas" de financiamento de Santos Silva a Sócrates
    3:46

    Operação Marquês

    Na tese da investigação, José Sócrates e Carlos Santos Silva terão arranjado vários esquemas para fazer sair o dinheiro das contas do empresário para o bolso do antigo primeiro-ministro. Um delas passaria pelo pagamento de viagens e hotéis. O Ministério Público diz que, em seis anos, o empresário Carlos Santos Silva gastou mais de 350 mil euros em viagens para ambos ou apenas para o ex-primeiro-ministro.

  • Nove dos 50 feridos que continuam hospitalizados estão em estado crítico
    3:46

    Ataque em Barcelona

    Os quatro indivíduos implicados nos atentados de Barcelona e Cambrils prestam hoje declarações ao juiz Fernando Andreu, na Audiência Nacional, em Madrid. O enviado especial da SIC, Emanuel Nunes, dá conta do ambiente que se vive em Barcelona esta manhã e faz uma atualização em relação aos feridos no atentado na capital catalã. Cinquenta pessoas continuam hospitalizadas, 9 em estado considerado crítico e 13 em estado grave.

  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Novas regras para os pagamentos em dinheiro vivo

    Economia

    Os pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros são proibidos a partir de quarta-feira, mas aos não residentes são permitidos pagamentos até 10 mil euros, ou o equivalente em moeda estrangeira, segundo um diploma hoje publicado.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40