sicnot

Perfil

Operação Marquês

Informações das autoridades suíças mudaram o rumo da investigação da Operação Marquês

Informações das autoridades suíças mudaram o rumo da investigação da Operação Marquês

É com a colaboração das autoridades suíças que a investigação da Operação Marquês muda de rumo: descobre-se quem está por detrás das transferências de dinheiro para as contas de Carlos Santos Silva. As alegadas luvas já não viriam apenas do Grupo Lena, mas também de pessoas ligadas ao empreendimento algarvio de Vale do Lobo.

  • Os "esquemas" de financiamento de Santos Silva a Sócrates
    3:46

    Operação Marquês

    Na tese da investigação, José Sócrates e Carlos Santos Silva terão arranjado vários esquemas para fazer sair o dinheiro das contas do empresário para o bolso do antigo primeiro-ministro. Um delas passaria pelo pagamento de viagens e hotéis. O Ministério Público diz que, em seis anos, o empresário Carlos Santos Silva gastou mais de 350 mil euros em viagens para ambos ou apenas para o ex-primeiro-ministro.

  • Durabilidade incerta para a investigação da Operação Marquês
    1:52

    Operação Marquês

    O Ministério Público e a Autoridade Tributária não se entendem quanto ao tempo necessário para terminar a investigação da Operação Marquês. O inspetor Paulo Silva tinha dito que não seria possível antes de setembro do próximo ano, já o diretor do DCIAP diz que a demora no processo é compreensível, mas quer resultados mais cedo. Faz esta semana um ano que os arguidos da Operação Marquês começaram a ser detidos. A SIC vai assinalar a data com a exibição de uma Reportagem Especial sobre a investigação.

  • MP e Autoridade Tributária discordam quanto à Operação Marquês
    1:49

    Operação Marquês

    O Ministério Público e a Autoridade Tributária não se entendem quanto ao tempo necessário para terminar a investigação da Operação Marquês. O inspetor tributário já tinha informado que o relatório final não estará pronto antes de setembro de 2016. Por outro lado, o Diretor do DCIAP, mesmo admitindo a complexidade do processo, quer os resultados mais cedo.

  • Operação Marquês em Reportagem Especial
    0:22

    Programas

    Faz esta semana um ano que os arguidos da Operação Marquês começaram a ser detidos. Assinalamos a data com a exibição de uma Reportagem Especial sobre a investigação iniciada há dois anos e quatro meses. Para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

  • O fundo imobiliário de Santos Silva
    3:06

    Operação Marquês

    Faz esta semana um ano que os arguidos da Operação Marquês começaram a ser detidos. Assinalamos a data com a exibição de uma Reportagem Especial sobre a investigação iniciada há dois anos e quatro meses. O Ministério Público defende que Santos Silva e Sócrates tentaram ocultar o património e desse plano faria parte a criação dum fundo imobiliário de investimento fechado.

  • Até onde avançou a Operação Marquês
    28:47

    Operação Marquês

    Faz esta semana um ano que José Sócrates foi detido por suspeitas de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito. Vamos procurar mostrar até onde avançou a investigação, que já leva quase dois anos e meio. Tentámos obter respostas e ouvir as vozes das defesas dos arguidos, mas apenas o advogado de João Perna aceitou a entrevista. Também a José Sócrates a SIC enviou há três semanas uma lista de perguntas e a resposta dos advogados chegou apenas hoje, já ao fim da tarde: são sete páginas enviadas por correio eletrónico. Não vieram a tempo de serem tratadas para integrar esta reportagem, mas a notícia será dada esta sexta-feira no Jornal da Noite.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.