sicnot

Perfil

Operação Marquês

Operação Marquês

Operação Marquês

Octapharma diz que não destruiu provas judiciais antes das buscas

A Octapharma garante que não destruiu provas judiciais antes das buscas feitas à empresa no âmbito do processo que investiga José Sócrates. A denúncia feita por moradores do prédio consta de uma comunicação do Ministério Público, que foi junta ao inquérito, e refere que foram vistos funcionários da empresa, fora do horário do expediente, a deitar ao lixo sacos com tiras de papel.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Em comunicado, a Octapharma vem dizer que, por reserva do seu correio deita fora periodicamente papel triturado mas assegura que guarda e põe ao dispor das autoridades judiciais todos os documentos que, por lei, têm que ser mantidos em arquivo.

Paulo Lalanda de Castro, antigo patrão de Sócrates e responsável pela Octapharma, afirma também que não teve conhecimento antecipado das buscas.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sol e calor ficam para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10