sicnot

Perfil

Operação Marquês

Ministério Público tem novos suspeitos na Operação Marquês

Ministério Público tem novos suspeitos na Operação Marquês

O Ministério Público tem novos suspeitos na operação que envolve José Sócrates e, continua a pedir informações bancárias às autoridades suíças. Os investigadores descobriram agora uma nova sociedade offshore, no Panamá, detida por Carlos Santos Silva, amigo do ex-primeiro-ministro. O processo vai a caminho dos 3 anos e tem mais de 6 milhões de ficheiros informáticos e 81 mil sessões de escuta.

  • Dinheiro do caso Sócrates terá passado pela Espírito Santo Enterprises
    2:33

    Operação Marquês

    Helder Bataglia, o empresário luso-angolano arguido no processo que investiga José Socrates, admitiu ao Expresso que o dinheiro que transferiu para Joaquim Barroca teve origem numa offshore do Grupo Espírito Santo liderado por Ricardo Salgado. As declarações do empresário podem ser essenciais para confirmar a tese do Ministério Público que acredita que os 12 milhões de euros transferidos por Bataglia eram luvas e tinham como destino José Socrates.

  • Offshore do Espírito Santo no Panama Papers com ligações ao caso Sócrates
    1:59

    Panama Papers

    A investigação "Panana Papers" mostra o envolvimento de uma offshore do Grupo Espírito Santo com a Operação Marquês. Helder Bataglia, o empresário luso-angolano arguido no processo, admite ao Expresso que o dinheiro que transferiu para pagar comissões teve origem numa offshore do grupo então liderado por Ricardo Salgado. O Ministério Público acredita que pelo menos 12 milhões de euros pertencerão a José Sócrates. A defesa do ex-primeiro-ministro nega.

  • Dinheiro do caso Sócrates veio do saco azul dos GES

    Panama Papers

    Nas malhas da investigação dos milhões descobertos pelo Panama Papers encontra-se a Operação Marquês. O dinheiro do caso que envolve José Sócrates no esquema de corrupção, fraude fiscal e branquamento de capitais vem do GES. Esta é a manchete deste sábado do jornal Expresso. Transferências feitas a partir da Espírito Santo Enterprises de offshores podem ser a explicação que faltava ao Ministério Público para concluir o inquérito crime contra José Sócrates e avançar com uma eventual acusação.

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto " Obrigado presidnete pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido aos SMS de Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17