sicnot

Perfil

Operação Marquês

PGR não responde às acusações de cinismo e abuso de poder feitas por Sócrates

PGR não responde às acusações de cinismo e abuso de poder feitas por Sócrates

Apesar de acusada de cinismo e de abuso de poder por parte de José Sócrates, a Procuradora-Geral da República evita responder diretamente. Joana Marques Vidal sublinha apenas o comunicado, onde justificava o alargamento para mais seis meses da investigação na Operação Marquês. Também a ministra da Justiça esclarece que não comenta casos individuais da justiça.

  • Carlos Alexandre, PGR, Marcelo e Cavaco na mira de Sócrates
    2:05

    Operação Marquês

    José Sócrates acusa a procuradora-geral da República de abuso de poder e de cinismo por ter dado mais 6 meses à investigação da Operação Marquês. Em entrevista à TSF, o antigo primeiro-ministro criticou ainda a entrevista dada à SIC pelo juiz Carlos Alexandre e a visita do Presidente da República ao Departamento Central de Investigação Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), na semana passada.

  • Sócrates considera cínico anúncio da PGR sobre adiamento
    1:03

    Operação Marquês

    O ex-primeiro-ministro socialista José Sócrates acusa a Procuradora Geral da República, Joana Marques Vidal, de cinismo ao anunciar o adiamento da investigação da "Operação Marquês". "A Procuradora, de forma completamente cínica, vem dizer que decidiu acelerar o processo. E decide acelerar para quê? Para adiar seis meses", perguntou o ex-primeiro-ministro José Sócrates, arguido da Operação Marquês, entrevistado pela TSF.

  • Marcelo não comenta entrevista de Sócrates
    0:33

    País

    Numa reação às declarações de José Sócrates - que em entrevista à TSF acusou o Presidente da República de parcialidade por ter visitado o DCIAP -, Marcelo não quis comentar. Contudo, disse que o papel do Presidente é melhorar a justiça portuguesa.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31

    Grande Reportagem SIC

    Carlos Queiroz, ex-selecionador de Portugal, dá-nos uma entrevista forte e transparente. Entrevistámo-lo no Dubai, um lugar que a investigação da SIC coloca no centro do mapa do escândalo do GES/BES. Aqui antecipamos a Grande Reportagem da próxima semana.

    Exclusivo online