sicnot

Perfil

Operação Marquês

Advogado não garante que Sócrates compareça a novos interrogatórios

Advogado não garante que Sócrates compareça a novos interrogatórios

O processo que investiga José Sócrates pode afinal não estar terminado na próxima sexta-feira. O Ministério Público ainda quer ouvir alguns dos arguidos, entre os quais o ex-primeiro-ministro . No entanto, o advogado de Sócrates, João Araújo, diz que o cliente ainda não foi notificado e não garante que ele compareça ao novo interrogatório, marcado para esta segunda-feira. O fundador do Grupo Lena, Joaquim Barroca, também voltará a ser ouvido, mas na quinta-feira.

  • José Sócrates interrogado esta segunda-feira

    País

    O Ministério Público vai ouvir o antigo primeiro-ministro esta segunda-feira à tarde, pela terceira e última vez. Os procuradores estão a ultimar a acusação contra José Sócrates e acreditam ter provas para acusá-lo de corrupção. O fundador do Grupo Lena, Joaquim Barroca, também voltará a ser ouvido, mas na quarta-feira.

  • "José Sócrates vai ser confrontado com novas provas"
    6:21

    País

    Luís Garriapa, jornalista da SIC, explicou na antena da SIC Notícias o que está na base do interrogatório a José Sócrates agendado para a próxima segunda-feira. Em causa, novas provas com as quais o antigo primeiro-ministro vai ser confrontado.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.