sicnot

Perfil

Operação Marquês

Joaquim Barroca esteve três horas no DCIAP

Joaquim Barroca esteve três horas no DCIAP

Joaquim Barroca foi ouvido esta quinta-feira, pela quarta vez, no Departamento Central de Investigação e Ação Penal no âmbito da Operação Marquês, numa audição que durou três horas. O ex-administrador do grupo Lena, visto como testa de ferro de Santos Silva, é suspeito de corrupção e fraude.

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12

    País

    Rui Mergulhão Mendes, especialista em 'profiling' na Emotional Business Academy, em Lisboa, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para explicar como é que um especialista em linguagem pode ajudar um tribunal a dar um veredito.