sicnot

Perfil

Taça das Confederações

Sporting é um dos clubes mais representados na Taça das Confederações

Sporting, Bayer Leverkusen, Spartak Moscovo e Wellington Phoenix, todos com cinco, são os clubes que mais jogadores emprestam às seleções que vão disputar a Taça das Confederações de futebol, que arranca no sábado na Rússia.

O clube leonino consegue estar entre os mais representados na competição graças às presenças de Rui Patrício, Beto, William Carvalho e Adrien Silva na seleção portuguesa, que é uma das três estreantes, juntamente com Rússia e Chile.

Esta lista poderia muito bem ser encabeçada pelo FC Porto, com seis jogadores, mas a transferência de André Silva para o AC Milan e a renúncia de Corona no México deixaram os dragões reduzidos a quatro representantes.

Danilo e José Sá vão vestir a camisola de seleção lusa, enquanto Layún e Herrera estarão na Rússia a defender as cores do México.

Tal como o FC Porto, o Benfica também vai disponibilizar quatro jogadores na Taça das Confederações, com as presenças de Nelson Semedo, Eliseu e Pizzi na equipa de Portugal e Raúl Jiménez na formação mexicana.Hoffenheim e Rostov juntam-se aos dois emblemas portugueses na segunda posição da lista.

Ao todo, o campeonato português vai ter 14 jogadores a atuar na Rússia, sendo que o australiano Dylan McGowan é o único que não atua em qualquer dos três grandes.

O central, ex-Adelaide United, assinou em maio pelo Paços de Ferreira e vai cumprir a sua primeira temporada no clube pacense.A Liga mais representada vai ser a alemã, com 24 jogadores, seguida da russa, com 23.

Mesmo sem a presença da Inglaterra na competição, a Premier League terá 16.

A Rússia é a única seleção que tem todos os jogadores a atuar no seu país, enquanto que, do lado oposto, os Camarões não chamaram qualquer representante do seu campeonato.

A 10.ª edição da Taça das Confederações começa no sábado e termina a 2 de julho.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.