sicnot

Perfil

Caso Tecnoforma

Caso Tecnoforma

Caso Tecnoforma

Procuradoria confirma relatório europeu sobre caso Tecnoforma

A Procuradoria-Geral da República confirmou hoje a receção do relatório do inquérito do Organismo Europeu de Luta AntiFraude (OLAF) relacionado com a atribuição de fundos à Tecnoforma, empresa que teve Pedro Passos Coelho como consultor.

"Confirma-se a receção do relatório, o qual foi junto ao inquérito que corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), referiu a PGR à agência Lusa, acrescentando que o inquérito "encontra-se em investigação e não tem arguido constituídos".

O esclarecimento da PGR surge após o jornal Público noticiar hoje que o OLAF detetou a prática de infrações penais e financeiras na aplicação e/ou na atribuição de fundos europeus à Tecnoforma, que teve Pedro Passos Coelho, atual primeiro-ministro, como consultor e administrador.

Os factos remontam ao período 2001-2004, tendo sido revelado pelo Público no final de 2012, levando a eurodeputada socialista Ana Gomes a apresentar queixa ao OLAF, que instaurou um inquérito, agora concluído.

Uma outra investigação relacionada com a Tecnoforma e com a ação de formação para técnicos de aeródromos e heliportos municipais da região Centro foi aberto pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra, tendo sido arquivado em junho de 2014, antes da conclusão do inquérito do OLAF.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC