sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Chamas voltaram a alastrar e ameaçam várias casas em Alvaiázere 

Várias casas da freguesia de Maçãs de Dona Maria, concelho de Alvaiázere, distrito de Leiria, encontram-se ameaçadas pelo incêndio que voltou a alastrar e três localidades estão a ser evacuadas, disse hoje a presidente da câmara.

Em declarações à agência Lusa, cerca das 21:00, Célia Marques contou que "a situação agravou-se consideravelmente" desde o final da tarde, quando o fogo parecia estar controlado, acrescentando que a "situação é caótica" e que, neste momento, "há casas em risco".


Os habitantes das localidades da Tapada, Casal Agostinho Alves e Relvas estão a ser retirados e encaminhados numa carrinha para a sede da Casa do Povo da freguesia, que fica numa zona mais urbana e segura.


A presidente da Câmara de Alvaiázere explicou que o incêndio agravou-se, também pelo facto de já não haver meios aéreos a operar, acrescentado que há também dificuldades ao nível das comunicações.


Cerca das 19:45, a autarca explicou à Lusa que várias casas estiveram durante a tarde de hoje ameaçadas por um incêndio que ainda se mantinha ativo, sem, no entanto, colocar populações em risco, àquela hora.


Célia Marquês contou na ocasião que as populações viveram momentos "muito difíceis" durante a tarde, acrescentando que a zona, "muito acidentada ao nível do terreno", prejudicou o combate às chamas.


Contudo, a presidente do município de Alvaiázere estava apreensiva com o vento que acabou por potenciar a evolução das chamas.
"Estamos a aguardar pela noite e está-se a levantar algum vento, pelo que estamos um bocadinho apreensivos com o desenrolar da situação, mas estamos atentos. O fogo ainda está a arder, mas já não há populações em risco", sublinhou na altura Célia Marques.


De acordo com a página da internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), às 21:10 estavam empenhados no combate às chamas deste incêndio em Alvaiázere 102 operacionais, apoiados por 30 viaturas.

Lusa

  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.