sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Declarado plano de emergência distrital após tragédia em Pedrógão Grande

PAULO CUNHA

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, afirmou este sábado que foi declarado o plano de emergência distrital face ao incêndio de grandes dimensões que deflagrou no norte do distrito de Leiria.

Em declarações aos jornalistas, Jorge Gomes afirmou que o primeiro-ministro, António Costa, está a acompanhar, a partir do posto de comando nacional, "todas as ocorrências" do incêndio que começou ao início da tarde de sábado em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria.

Segundo o membro do executivo, mantém-se o mesmo número de vítimas - 19 mortos civis e 20 feridos.

Jorge Gomes referiu ainda que foi instalado um hospital do INEM em Avelar, concelho de Ansião, e a casa funerária de Pedrógão Grande foi aberta para receber "os corpos que foram encontrados".

"O incêndio continua com quatro frentes ativas, muito violentas, muito fortes e continuam a chegar reforços", disse o secretário de Estado, acrescentando que, de momento, há 331 homens a combater as chamas.

De acordo com Jorge Gomes, a primeira prioridade é "socorrer as pessoas".

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52