sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Macron e Tsipras enviam mensagens de solidariedade a Portugal

Charles Platiau

O Presidente da República de França Emmanuel Macron e o primeiro-ministro grego Alexis Tsipras enviaram hoje mensagens de solidariedade ao líder do executivo português, António Costa, pelas vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, que deflagra desde sábado.

De acordo com fonte oficial do Governo, entre o final da manhã e o início da tarde de hoje chegaram igualmente mensagens dos primeiros-ministros de Itália e Suécia, respetivamente Paolo Gentiloni e Stefan Löfven.Esta manhã telefonaram a António Costa os primeiros-ministros de Espanha, Mariano Rajoy, e da Alemanha, Angela Merkel, deixando palavras de condolência na sequência da tragédia do incêndio que começou no sábado naquele muncípio do distrito de Leiria.

Pelo menos 62 pessoas morreram no incêndio que atinge Pedrógão Grande e outros dois concelhos do distrito de Leiria desde sábado, disse hoje, pelas 13:00, o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

O balanço anterior era de 58 vítimas mortais.

Fonte oficial do executivo português adiantou também à agência Lusa que António Costa tem recebido de outros chefes de Governo e de responsáveis de instituições internacionais várias mensagens de solidariedade.

Durante esta manhã, chegaram ao primeiro-ministro mensagens escritas do presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, do comissário europeu Carlos Moedas, do primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, e do Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.

Lusa

  • "Por causa de um pinheiro no meio da estrada": o relato de um sobrevivente da N236
    3:22
  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Madeireiros sem emprego após incêndios
    2:57
  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22