sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

O que fazer em caso de inalação de fumos

A inalação de fumos ou de substâncias irritantes químicas e o calor podem provocar danos nas vias respiratórias. O alerta é da Direção-Geral de Saúde. As crianças, os doentes respiratórios crónicos e os idosos são os mais vulneráveis. Confira o que fazer em situação de inalação de fumo.

De acordo com a Direção-Geral de Saúde, existem lesões de inalação devidas ao calor que provocam obstrução e risco de infeção. Além da lesão pelo calor, há possibilidade de lesão pelas substâncias químicas do fumo que provocam inflamação e edema com tosse, broncoconstrição e aumento das secreções. Existe ainda a possibilidade de surgirem lesões mais tardias e mais graves, com destruição celular e, que, em casos extremos, causam falência respiratória.

O que fazer em situação de inalação de fumos:

- retirar a pessoa do local e evitar que respire o fumo ou esteja exposta ao calor.

Pesquisar sinais de alarme:

- verificar presença de queimaduras faciais;
- sinais de dificuldade respiratória;
- alteração do estado de consciência

Para mais informações ligue para o Centro de Atendimento do SNS: 808 24 24 24. Em caso de emergência ligue o 112.

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.