sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Rei de Espanha envia mensagem de pesar ao Presidente da República

O rei de Espanha, Felipe VI, enviou este domingo ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, uma mensagem de "profundo sentimento de pesar" pelas vítimas do incêndio no distrito de Leiria.

Na mensagem enviada a Marcelo Rebelo de Sousa, divulgada na página da Presidência da República na Internet, Felipe VI afirma ter recebido "com profunda tristeza" a notícia do "trágico incêndio" que deflagrou no sábado à tarde no concelho de Pedrógão Grande, e que causou 61 mortos, segundo a última estimativa.

"Desejo enviar, em meu nome, e no nome do Governo e do povo espanhol, o meu mais profundo sentimento de pesar. Nestes momentos difíceis, a rainha junta-se a mim para pedir-lhe, senhor Presidente, que faça chegar as nossas condolências e todo o nosso apoio e solidariedade aos familiares dos falecidos, com os nossos melhores desejos para uma pronta e completa recuperação dos feridos", acrescenta.

O rei de Espanha reitera a sua "mais alta consideração e estima pessoal" pelo Presidente da República, e dirige, "por seu intermédio, uma cordial saudação às pessoas amigas de Portugal", despedindo-se "afetuosamente".

Segundo uma nota colocada na página da Presidência da República na Internet, Felipe VI já tinha falado hoje por telefone com o chefe de Estado português, ao início do dia, para transmitir "os sentidos pêsames pela tragédia no incêndio de Pedrógão Grande".

O fogo deflagrou ao início da tarde de sábado numa área florestal de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, alastrou-se aos municípios vizinhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, obrigando a evacuar povoações ou deixando-as isoladas.

Segundo o último balanço, feito cerca das 16:00, o incêndio provocou 61 mortos.

Lusa

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".