sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Um minuto de silêncio em memória das vítimas do incêndio nos jogos da FPF

A Federação Portuguesa de Futebol estipulou hoje que será cumprido um minuto de silêncio no domingo e na segunda-feira antes dos jogos das provas que organiza face ao incêndio de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria.

"Este ato simbólico visa homenagear a memória das vítimas do incêndio em Pedrógão Grande", refere o comunicado da FPF, publicado no site oficial do organismo.
A comitiva da seleção portuguesa de futebol presente na Rússia, palco da Taça das Confederações, também se solidarizou com as vítimas do incêndio rural que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria.
"O dia em que iniciamos a participação na Taça das Confederações é igualmente um dia de grande consternação e dor para o País" refere o comunicado assinado por todos os elementos da comitiva lusa, em Kazan.
Segundo a nota publicada no site oficial da FPF, "a tragédia ocorrida em Pedrógão Grande, que reclamou a vida de tantos" compatriotas, "não pode deixar ninguém indiferente".
"Nesta hora tão triste, enviamos as mais sentidas condolências às famílias, amigos e entes queridos das vítimas dos incêndios", refere ainda a comitiva.
Para o jogo de hoje com o México, que assinala a estreia absoluta de Portugal na Taça das Confederações, 'balão de ensaio' para o Mundial2018, promete levar a memória da tragédia.
"Se temos consciência de que meras palavras não poderão minimizar a vossa dor que também é nossa, dizemos-vos, ainda assim, que hoje em campo levaremos o vosso coração no nosso coração", concluiu a comitiva.
Um novo balanço do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande, dá conta de 57 mortos. O número de feridos mantém-se nos 59, de acordo com o balanço feito pelas 10:00.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.