sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Brasil manifesta solidariedade ao Governo e povo de Portugal

Rafael Marchante

O Governo brasileiro recebeu com pesar a notícia do incêndio em Pedrógão Grande, que fez 62 vítimas mortais, e manifestou solidariedade ao Governo e ao povo português, de acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

"O Governo brasileiro recebeu com pesar e consternação a notícia do incêndio florestal ocorrido na região de Leiria, em Portugal, no sábado, que já dura há mais de 24 horas e resultou em mais de 60 mortos e outras dezenas de feridos", lê-se na nota divulgada pelo Governo brasileiro.

De acordo com o comunicado, "o Brasil manifesta, neste momento de dor, sua solidariedade ao Governo e ao povo do país irmão e às famílias das vítimas e faz votos de plena recuperação aos feridos".

"Não há registo de brasileiros entre as vítimas. O Itamaraty, por meio do consulado geral do Brasil em Lisboa, seguirá monitorando a situação", refere o documento.

Segundo a nota, o Governo do Brasil instruiu os "cidadãos brasileiros residentes ou em trânsito na região de Leiria, localidade afetada pelo incêndio, para seguirem as instruções das autoridades locais, de modo a evitar a exposição a riscos adicionais".

O núcleo de assistência a brasileiros do MRE disponibilizou contactos para informações e esclarecimentos aos cidadãos através do e-mail dac@itamaraty.gov.br e dos telefones 00556120308803 e 00556120308804. Ou, ainda, nos plantões de emergência do Consulado Geral de Lisboa, através do telefone 00351962520581 ou pelo plantão consular da subsecretaria geral das Comunidades Brasileiras e de Assuntos Consulares e Jurídicos do Itamaraty pelo telefone 005561981972284.

O número de vítimas, em consequência do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande e que alastrou a outros municípios do distrito de Leiria, é de 62 mortos e 62 feridos.

Lusa

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.