sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Luto nacional leva parlamento a desconvocar iniciativas previstas para terça-feira

Pedro Nunes

A Assembleia da República comunicou, hoje, o cancelamento de uma conferência na terça-feira e o vice-presidente Jorge Lacão pediu aos presidentes das comissões parlamentares que desmarquem as reuniões previstas, disse à Lusa fonte da mesa do Parlamento.

Jorge Lacão (PS), vice-presidente do parlamento, que se encontra a exercer a presidência da Assembleia da República na ausência de Ferro Rodrigues, pediu para que não fossem marcadas novas reuniões para terça-feira, e em relação às já previstas que fossem desmarcadas, explicou à Lusa o secretário da mesa Duarte Pacheco (PSD).

O secretário da mesa da Assembleia disse que se trata de um pedido que os presidentes das comissões devem seguir, o que se está a verificar, tendo já sido formalmente desmarcadas reuniões de comissões previstas.

Na terça-feira realiza-se uma conferência de líderes parlamentares extraordinária para reagendamento dos trabalhos do parlamento, devido à tragédia ocorrida na zona de Pedrógão Grande.

Uma conferência sobre o Aeroporto do Montijo, promovida pela comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, prevista para terça-feira foi igualmente cancelada, "tendo em consideração a declaração oficial de luto nacional", de acordo com um comunicado do parlamento.

Jorge Lacão está em Pedrógão Grande desde domingo, em representação do Presidente do parlamento, já que Ferro Rodrigues se encontra ausente do país.

A acompanhar Jorge Lacão em Pedrógão Grande encontram-se deputados da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar.

O fogo, que deflagrou às 13:43 de sábado, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e entrou também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã.

O último balanço dá conta de 62 mortos civis e 62 feridos, dois deles em estado grave.

Entre os operacionais, registam-se dez feridos, quatro em estado grave. Há ainda dezenas de deslocados, estando por calcular o número de casas e viaturas destruídas.

O Governo decretou três dias de luto nacional, até terça-feira.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.