sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Um cidadão francês entre os mortos em Pedrógão Grande

ANTONIO COTRIM

Um cidadão francês está entre as vítimas mortais do incêndio florestal que deflagrou no sábado no Pedrógão Grande, distrito de Leiria, e que provocou a morte a 62 pessoas, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros francês em comunicado.

"É com profunda emoção que soubemos do pesado balanço dos incêndios", lê-se no comunicado, divulgado na página internet do ministério.

"Um dos nossos compatriotas morreu nesses incêndios. O centro de crise em Paris e a nossa embaixada em Lisboa estão mobilizados para dar todo o apoio necessário aos familiares, a quem manifestamos total solidariedade", acrescenta o texto, que reitera a disposição de Paris para dar "todo o apoio" a Portugal.

O comunicado não identifica a vítima.

O fogo, que deflagrou no sábado em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, e alastrou aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, fez 62 mortos e 135 feridos, segundo o balanço mais recente das autoridades.

O Governo português decretou três dias de luto nacional pela tragédia, qualificada pelo primeiro-ministro, António Costa, como " seguramente a maior tragédia" em Portugal nos últimos anos.


Lusa

  • Seca contribui para a redução de nutrientes no mar e está a afetar a pesca
    2:11
  • Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa

    País

    O ex-diretor-geral da Saúde, Francisco George toma hoje posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa. Em entrevista à Lusa, manifestou a intenção de criar uma unidade para abastecimento de água potável e redução dos problemas de saneamento em catástrofes como os incêndios deste verão. Além disso, em nome da transparência, vai tornar públicas as contas do organização, incluindo os donativos.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44