sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Doze fogos mobilizam quase 2.300 operacionais e 18 meios aéreos

Miguel Vidal

Os 12 incêndios que lavram em Portugal mobilizavam, pelas 09:30 de hoje, 2.291 meios operacionais auxiliados por 765 viaturas e 18 meios aéreos, segundo dados da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

De acordo com a informação disponibilizada na página da ANPC na internet àquela hora, três destes incêndios estavam em curso, outros três em resolução e os restantes seis em conclusão.
O incêndio que mobilizava mais meios continuava a ser o de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, onde estavam 1.157 operacionais, apoiados por 393 veículos e nove meios aéreos.
O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 150 feridos.
O fogo começou em Escalos Fundeiros, e alastrou depois a Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.
Desde então, as chamas chegaram aos distritos de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.
Este incêndio já consumiu cerca de 26.000 hectares de floresta, de acordo com dados do Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais.
O combate a este incêndio continua a evoluir favoravelmente e o fogo pode ficar dominado até ao final da manhã, disse hoje o comandante operacional da Proteção Civil, Vítor Vaz Pinto.
Outro dos fogos que mobilizava grande número de meios era o de Góis, no distrito de Coimbra, num total de 694 homens, 238 viaturas e seis meios aéreos.
O município de Góis faz fronteira com Pedrógão Grande e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e com o concelho da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, para onde as chamas progrediram, após deflagrarem no sábado, em Fonte Limpa.
Também em Estarreja, no concelho de Aveiro, estava em curso um fogo numa zona de mato, combatido por 11 operacionais, dois carros e um meio aéreo.
Os outros dois meios aéreos estavam a ser utilizados para combater as chamas em Penela, no distrito de Coimbra, local para onde também foram alocados 155 homens e 49 veículos. Aqui, o incêndio está em resolução.

AYMN (FYM) // JLG

Lusa/Fim


NewsSubjects:- Sociedade - Incêndios

20170620T094143

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.