sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Gasolineira Prio oferece combustível aos bombeiros

PAULO NOVAIS/ LUSA

A gasolineira Prio anunciou ontem a doação de "quatro mil litros de combustível" aos bombeiros que estão a combater o incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande e que alastrou aos concelhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera.

De acordo com a gasolineira, a ajuda solidária está a ser feita desde domingo, a partir dos postos de abastecimento da Prio de Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria, e de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, que "por estarem muito próximos das frentes de incêndio ativas têm permitido abastecer com eficácia as diversas equipas de mais de 2.000 bombeiros que estão na região a combater este flagelo".

"Sentimos desde o primeiro momento que não podíamos ficar indiferentes num momento em que o Centro do país, região que viu a Prio nascer, passa por momentos tão dramáticos", afirmou o membro da comissão executiva da PrioEnergy Ricardo Coimbra.

Com Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.