sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Continuam hospitalizados 19 feridos dos incêndios em Pedrógão, quatro são bombeiros

Miguel Vidal

Os feridos que continuam hospitalizados na sequência dos incêndios de Pedrógão Grande são 19, sendo quatro deles bombeiros, de acordo com dados divulgados esta quinta-feira à agência Lusa por fonte governamental.

O incêndio que deflagrou a 17 de junho em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 250 feridos.

De acordo com os dados recolhidos esta quinta-feira de manhã pela Administração Regional de Saúde do Centro e facultados pelo Governo à agência Lusa, continuam hospitalizados 19 feridos, quatro dos quais bombeiros.

Na quarta-feira, o PSD exigiu ao Governo que disponibilize informação atualizada sobre o estado de saúde dos bombeiros internados e o número atual de feridos que permanecem hospitalizados na sequência dos incêndios de Pedrógão Grande.

Em declarações à agência Lusa, a deputada do PSD Teresa Morais explicou que o partido entregou esta quarta-feira no parlamento uma pergunta que se destina à ministra da Administração Interna e ao ministro da Saúde porque é "inaceitável que o Governo não preste regularmente informação ao país de modo atualizado".

Na segunda-feira, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, José Domingues, disse à agência Lusa que dois voluntários da corporação, pai e filho, continuam internados no Hospital de Santa Maria (Lisboa), sendo que o operacional mais novo poderá sair do coma induzido se não houver nada em contrário. O estado de saúde do outro operacional evolui favoravelmente.

José Domingues adiantou ainda que o quadro clínico do operacional internado no Hospital de São João (Porto) é estacionário: "Não há alterações significativas".

Já em relação à operacional internada em Coimbra, e que foi submetida recentemente a uma intervenção cirúrgica, continua a evoluir favoravelmente.

No briefing do Conselho de Ministros desta quinta-feira, questionada pela agência Lusa sobre o número de feridos que atualmente ainda estão internados e o estado de saúde dos bombeiros hospitalizados, a ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, explicou então não ter esse número disponível, mas comprometeu-se a "recolhê-lo e fazê-lo chegar tão breve quanto possível".

Lusa

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.