sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Primeiro-ministro mantém confiança na ministra da Administração Interna

Miguel A. Lopes

Em resposta às perguntas colocadas pela presidente do CDS/PP sobre o incêndio que provocou a morte 64 pessoas e ferimentos em mais de 200, o Governo diz que as falhas no SIRESP foram pouco significativas e que o incêndio aparenta ter sido provocado por causas naturais.

O Ministério das Administração Interna responde à maioria das 25 perguntas e defende que as falhas no SIRESP foram pouco significativas.

O Governo volta ainda a dizer que o incêndio aparenta ter sido provocado por causas naturais, mesmo depois de o relatório do IPMA ter concluído que a hipótese de trovoada seca é reduzida.

Nas respostas divulgadas esta tarde, o executivo confirma ainda que a nacional 236 só foi cortada depois de serem conhecidas as primeiras vítimas mortais.

Assunção Cristas dá uma conferência de imprensa depois do plenário para reagir às respostas dirigidas ao CDS-PP.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06