sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

"64 mortos interpelam-nos, exigindo verdade, convergência e reconstrução"

Rafael Marchante

O Presidente da República reiterou, hoje, a exigência de apuramento da verdade quanto ao incêndio de Pedrógão Grande, que fez 64 mortos, lembrando que "os poderes públicos não corresponderam às expetativas" dos portugueses.

"Sessenta e quatro mortos interpelam-nos, exigindo verdade, convergência e reconstrução, com a humildade de assumirmos que os poderes públicos não corresponderam às expetativas neles depositadas", acentua Marcelo Rebelo de Sousa numa mensagem colocada no "site" da Presidência, "por ocasião do 30.º dia da Tragédia.

O chefe de Estado já tinha colocado, hoje de manhã, uma mensagem para agradecer a solidariedade dos portugueses após os incêndios na região Centro, que fizeram 64 mortos e 250 feridos, mas optou depois por autonomizar o agradecimento e colocar um outro texto na página para relembrar a exigência do apuramento dos factos.

"Um mês depois da tragédia, evocando respeitosamente as vítimas, acompanhando a dor dos seus familiares, agradecendo o heroísmo anónimo dos que combateram o fogo e dos que testemunharam e testemunham solidariedade, relembro a exigência de apuramento total de factos e de responsabilidades, e de reconstrução imediata, em clima de trégua eleitoral local, aliás à medida da ilimitada generosidade do povo português", sublinha.

No texto de agradecimento, ligeiramente alterado relativamente à versão inicial, Marcelo volta a agradecer as manifestações de solidariedade e pesar que lhe foram endereçadas.

"O Presidente da República agradece as sugestões, opiniões, palavras de solidariedade e votos de pesar que lhe foram dirigidos pelos Portugueses na sequência dos incêndios na região centro de Portugal e, em particular da tragédia de 17 de junho, que faz hoje um mês", lê-se no texto agora autonomizado.

Os incêndios de junho iniciados em Pedrógão Grande provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, consumiram mais de 53 mil hectares e afetaram aproximadamente 500 habitações, quase 50 empresas e os empregos de 372 pessoas.

Os prejuízos diretos dos incêndios ascendem a 193,3 milhões de euros, estimando-se em 303,5 milhões o investimento em medidas de prevenção e relançamento da economia.

Lusa

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.