sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Agências de viagem e Turismo do Centro reúnem-se para definir ação

Rafael Marchante

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) e o Turismo do Centro de Portugal vão estar na Sertã e em Figueiró dos Vinhos, na quarta-feira, para definirem ações nas regiões afetadas pelos fogos de junho.

Além da reunião de direção ordinária da APAVT, a zona Centro vai acolher um encontro daquela associação com o presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, e os presidentes das câmaras municipais de Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Castanheira de Pêra, na tentativa de minimizar o impacto negativo dos incêndios florestais.

"O Turismo do Centro de Portugal é o Destino Preferido da APAVT 2017 e a equipa do Turismo do Centro, incluindo quem a lidera como presidente, Pedro Machado, são nossos parceiros e nossos amigos. Face às dificuldades pelas quais o destino está a passar, nada mais natural do que irmos até Figueiró dos Vinhos conhecer melhor as características das dificuldades, dialogar sobre necessidades prementes e desenhar planos de ação conjunta que permitam à região recuperar o mais rapidamente possível", declarou o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, em comunicado.

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo naquela zona do país, abrangendo 100 municípios.

A APAVT já contactou a ECTAA - Confederação Europeia das Associação de Agências de Viagens e Operadores Turísticos (organização representativa de mais de 80 mil empresas deste setor) - sobre a situação.

Os incêndios de junho iniciados em Pedrógão Grande provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos e consumiram mais de 53 mil hectares.

Os fogos da região Centro afetaram aproximadamente 500 habitações, quase 50 empresas e os empregos de 372 pessoas.

Os prejuízos diretos dos incêndios ascendem a 193,3 milhões de euros, estimando-se em 303,5 milhões o investimento em medidas de prevenção e relançamento da economia.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38