sicnot

Perfil

Tragédia no Tejo

Buscas por criança desaparecida continuam na praia de Caxias

Buscas por criança desaparecida continuam na praia de Caxias

As autoridades continuam à procura da criança de 4 anos que está desaparecida desde ontem à noite no Tejo, junto à praia de Caxias. Os mergulhadores envolvidos tinham esperança de encontrar o corpo quando a maré estivesse mais baixa, mas até agora ainda não encontraram nenhum vestígio do desaparecimento. A Polícia Judiciária ainda não conseguiu falar com a mãe do bebé de 19 meses, que acabou por morrer, e da criança desaparecida, pois ainda se encontra hospitalizada no Hospital Santa Maria.

  • Descida da maré pode ajudar a localizar criança desaparecida
    4:29

    País

    A equipa de mergulho envolvida nas operações de busca da criança desaparecida na praia da Giribita, em Caxias, Oeiras, foi retirada após um dos elementos ter ficado hoje ferido, disse o comandante Malaquias Domingues, da Capitania de Lisboa. As autoridades acreditam que com a descida da maré seja mais fácil localizar a criança desaparecida, como explicou, à instantes, o Comandante da Capitania do Porto de Lisboa, Malaquias Domingues.

  • Mergulhadores procuram criança desaparecida no Tejo
    5:55

    Tragédia no Tejo

    Mergulhadores da Marinha estão envolvidos nas buscas para tentar resgatar a criança de 4 anos desaparecida desde ontem nas águas do rio Tejo, junto à zona de Caxias, Oeiras. Uma outra criança, de 19 meses, morreu. A mãe foi resgatada com vida, onbtem à noite, e vai ser interrogada pela Polícia Judiciária.

  • PJ investiga afogamento de crianças no Tejo, buscas continuam
    1:49

    Tragédia no Tejo

    A Polícia Judiciária está a investigar o caso das duas crianças afogadas, ontem à noite, no rio tejo, na zona de Caxias, concelho de Oeiras. Uma criança de 19 meses morreu e outra de 4 anos está desaparecida. As buscas para encontrar a criança começaram bem cedo na zona de Caxias. A mãe foi levada para o hospital e vai ser interrogada pela polícia.

  • Queixas sobre comércio online dispararam em 2017

    Economia

    A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede social Portal da Queixa.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo
    1:42
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52