sicnot

Perfil

Tragédia no Tejo

"Autos indiciam suficientemente a prática de dois crimes de homicídio qualificado"

"Autos indiciam suficientemente a prática de dois crimes de homicídio qualificado"

A mulher suspeita do homicídio das duas filhas na praia de Caxias, em Oeiras, ficou em prisão preventiva após primeiro interrogatório judicial. O Tribunal de Cascais decretou que Sónia Lima vai aguardar na cadeia o desenrolar do processo. Ela responderá em tribunal por dois crimes de homicídio qualificado.

"Os autos indiciam suficientemente a prática de dois crimes de homicídio qualificado, isto não obstante o corpo da menor Samira ainda não ter sido encontrado até ao momento", referiu o funcionário judicial, referindo-se à menina mais velha.

  • Retomadas buscas para localizar criança desaparecida no Tejo
    1:55

    Tragédia no Tejo

    As buscas para encontrar a criança de 3 anos desaparecida no Tejo voltaram a ser retomadas esta manhã, naquele que será o ultimo dia das operações na zona de Caxias. O corpo da criança desaparecida na segunda-feira, já poderá estar no mar, admitiu o comandante Malaquias Domingues, adiantando que as buscas foram retomadas às 7:30 de hoje.Depois da detenção da mãe, aguardam-se também os resultados da autópsia feita à menina de 19 meses, que vão determinar se esta já estava morta antes de ser levada para o mar.

  • Tragédia no Tejo em análise
    5:30

    Tragédia no Tejo

    O psiquiatra José Gameiro e Armando Leandro, presidente da Comissão Nacional de Proteção de Menores, comentam a tragédia desta semana na zona de Caxias, onde a mãe e duas filhas caíram ao rio Tejo.

  • Tragédia no Rio Tejo: os factos
    2:58

    Tragédia no Tejo

    O alerta para o desaparecimento das crianças no rio Tejo foi dado pela própria mãe, quando foi encontrada em choque e em estado de hipotermia, na noite de segunda-feira. Explicou que tinham caído as três à água, na zona de Caxias, mas as autoridades começaram, de imediato, a investigar uma possível tentativa de suicídio.

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.