sicnot

Perfil

Tragédia no Tejo

Probabilidade de encontrar corpo da criança desaparecida é cada vez menor

Probabilidade de encontrar corpo da criança desaparecida é cada vez menor

O comandante da capitania do Porto de Lisboa, Malaquias Domingues, reconhece que a probabilidade de localizar o corpo da criança desaparecida no Tejo é cada vez menor. Se a criança não for encontrada hoje, as autoridades vão alterar a estratégia de buscas.

  • Tragédia no Tejo em análise
    5:30

    Tragédia no Tejo

    O psiquiatra José Gameiro e Armando Leandro, presidente da Comissão Nacional de Proteção de Menores, comentam a tragédia desta semana na zona de Caxias, onde a mãe e duas filhas caíram ao rio Tejo.

  • Pai das crianças nega acusações e pede que respeitem silêncio
    0:52

    Tragédia no Tejo

    A mulher suspeita do homicídio das duas filhas na praia de Caxias, em Oeiras, ficou em prisão preventiva após primeiro interrogatório judicial, determinou o Tribunal de Cascais. Entretanto, o pai das crianças fez chegar através do advogado um comunicado às redações, no qual nega as acusações de que tem sido alvo e pede que respeitem silêncio.

  • Tragédia no Rio Tejo: os factos
    2:58

    Tragédia no Tejo

    O alerta para o desaparecimento das crianças no rio Tejo foi dado pela própria mãe, quando foi encontrada em choque e em estado de hipotermia, na noite de segunda-feira. Explicou que tinham caído as três à água, na zona de Caxias, mas as autoridades começaram, de imediato, a investigar uma possível tentativa de suicídio.

  • Buscas para encontrar criança no Tejo devem terminar na quinta-feira
    2:46

    Tragédia no Tejo

    A mulher suspeita de se atirar ao rio Tejo, com as duas filhas, na noite de segunda-feira, foi detida e está a ser interrogada desde as 17:30. A Polícia Judiciária encontrou fortes indícios da prática de dois crimes de homicídio. As buscas para encontrar a criança de 4 anos devem durar apenas até quinta-feira. O pai veio entretanto negar todas as acusações de violência doméstica e abuso sexual das filhas.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • CIP contra 600€ de salário mínimo, ameaça boicatar iniciativas do governo
    1:28

    Economia

    O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) está contra o aumento do salário mínimo para 600€. Em entrevista conjunta à Antena1 e ao Jornal de Negócios, o presidente António Saraiva considerou a proposta "uma luta partidária" dos comunistas com o Bloco de Esquerda" e ameaça boicotar a presença em iniciativas publicas, promovidas pelo executivo.